Condenado, ex-goleiro Edinho volta a ser preso

Edson Cholbi Nascimento estava no Fórum de Praia Grande para cumprir medida cautelar quando foi informado sobre a ordem de prisão

Comentar
Compartilhar
18 NOV 201415h59

Condenado a 33 anos e quatro meses de prisão por lavagem de dinheiro proveniente do tráfico de drogas, o ex-goleiro Edson Cholbi Nascimento, o Edinho, filho de Pelé, foi preso nesta tarde no Fórum de Praia Grande.

Edinho, que aguardava em liberdade o julgamento de recurso de apelação da sentença, estava no fórum para cumprir a medida cautelar de se apresentar mensalmente em juízo quando a prisão efetuada.

De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), a juíza Suzana Pereira da Silva, auxiliar da 1ª Vara Criminal de Praia Grande, decretou a prisão de Edinho porque não foram aceitos os embargos de declaração apresentados pela defesa com relação à sentença, proferida em 30 de maio pela juíza.

"Assim, foi declarada 'intempestiva' a apelação e, como não lhe foi concedido o direito de apelar em liberdade, foi expedido o mandado de prisão", informou o tribunal.

Em julho, Edinho ficou preso por uma semana devido a mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara Criminal de Praia Grande, onde ocorrera a condenação. O TJ-SP revogou, naquele mês, a preventiva a pedido da defesa do ex-atleta. 

Edinho deixa, em julho, cadeia anexa em Santos após passar uma semana preso preventivamente (Foto: Reprodução)