GOVERNO 3

Comunicador baleado na Vila Baiana deixa UTI e tem sequelas neurológicas

Elvis Xavier de Santana, de 37 anos, foi espancado e atingido por três tiros em 16 de setembro

Comentar
Compartilhar
03 OUT 2019Por Gilmar Alves Jr.12h17
Elvis Xavier Santana se recupera em um leito, segundo o Hospital Santo AmaroFoto: Reprodução

O comunicador Elvis Xavier Santana, vítima de uma tentativa de assassinato no Morro da Vila Baiana em 16 de setembro, deixou na tarde de terça-feira (2) a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santo Amaro para se recuperar em um leito na unidade. Santana tem sequelas neurológicas, segundo o hospital, mas prognósticos sobre eventuais futuras limitações não foram feitos devido ao estágio inicial do processo de recuperação.

O quadro clínico é estável e o comunicador está sob cuidados de fisioterapia e antibioticoterapia.

Ele segue com traqueostomia, uma pequena abertura na traquéia para facilitar a entrada de ar, conforme o Santo Amaro.

A recuperação de Elvis, que foi atingido por três tiros, um na cabeça e um em cada uma das pernas, surpreende a equipe médica, conforme apurou o Diário do Litoral.

Investigação

A motivação e autoria do homicídio são investigadas pela Delegacia Sede de Guarujá e até o momento ninguém foi preso.

O comunicador utilizava principalmente as redes sociais para suas publicações, sobre temas diversos regionais e nacionais, incluindo denúncias.

Santana foi espancado antes de ser atingido pelos tiros. Ele foi socorrido pelo próprio pai, que foi avisado sobre o crime através de uma ligação de número restrito e se deslocou ao Morro da Vila Baiana, onde se deparou com o filho agonizando no final da tarde do dia 16.

 

 

 

 

Colunas

Contraponto