Comerciante acusado de matar turista se entrega em Guarujá

José Adão Pereira de Passos se apresentou nesta noite à Polícia Civil. O crime aconteceu no restaurante do acusado.

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201322h06

Acusado de matar o turista Mário dos Santos Sampaio, de 22 anos, na véspera de Réveillon, o comerciante José Adão Pereira de Passos, de 47 anos, se apresentou nesta noite à Polícia Civil. O crime aconteceu no restaurante do acusado, na Enseada, em Guarujá, após um desentendimento por causa de R$ 7,00.

Passos chegou à Delegacia Sede de Guarujá acompanhado de advogado. O filho dele, Diego de Souza Passos, de 24 anos, que é gerente do estabelecimento, também compareceu à Delegacia Sede para ser ouvido.

O desentendimento entre o turista e os comerciantes ocorreu no momento em que ele foi pagar a conta. Sampaio discordou do preço que foi cobrado, o que culminou em uma discussão. Durante o desentendimento, Passos pegou uma faca e atingiu a vítima com três golpes nas costas.

O corpo de Sampaio foi enterrado às 9 horas de hoje, no Cemitério da Saudade, em Campinas, no Interior de São Paulo.

Passos chegou à Delegacia Sede de Guarujá acompanhado de advogado (Foto: Divulgação)