Com serra improvisada, quatro tentam fugir da cadeia da Delegacia de São Vicente

Um agente policial flagrou a ação e acionou reforço para conter os detentos na tarde deste domingo (18)

Comentar
Compartilhar
19 OUT 2020Por Gilmar Alves Jr.19h09
A cadeia funciona nas dependências da Delegacia Sede de São Vicente, na Rua João RamalhoFoto: Reprodução/Google Maps

Quatro detentos da cadeia que funciona na Delegacia Sede de São Vicente tentaram fugir, na tarde deste domingo (18), usando uma serra improvisada. Um agente policial flagrou a ação e acionou reforço para conter os detentos. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o registro do caso, por volta das 16h10 o agente ouviu um barulho que indicava alguma anormalidade na carceragem. Ao entrar na cadeia, ele se deparou com  grupo de presos já serrando as grades utilizando uma serra improvisada com o cabo de uma colher.

O agente imediatamente acionou investigadores da equipe de ronda do município, que compareceram e controlaram a situação.

De plantão na delegacia neste domingo, o delegado Alexandre Peres Malantrucco acionou para o local ainda o Grupo de Operações Especiais (GOE), vinculado à 1ª Delegacia da Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) regional.

Em uma revista feita pelos policiais do GOE foi realizada a apreensão da serra improvisada e de 20 gramas de maconha com um dos detentos.

Uma perícia do Instituto de Criminalística (IC) foi realizada no local. A cadeia é de trânsito para o Centro de Detenção Provisória (CDP) da Cidade. 

Os quatro detentos que figuram como indiciados pela tentativa de fuga no boletim de ocorrência tem 20, 23, 27 e 34 anos. Como o crime foi cometido por mais de uma pessoa, a pena de reclusão é de 2 a 6 anos.

O delito está previsto no artigo 351 do Código Penal.