Ciclista morre atropelado na rodovia dos Imigrantes após ser atingido por motorista

O motorista, de 23 anos, fugiu do local sem prestar socorro, mas foi localizado por policiais militares horas depois em Artur Alvim, na zona leste, a cerca de 50 quilômetros do local do acidente

Comentar
Compartilhar
19 JUL 2021Por Folhapress15h28
Um bancário de 45 anos morreu atropelado na manhã deste domingo (18) quando pedalava com um grupo ciclistas pelo acostamentoUm bancário de 45 anos morreu atropelado na manhã deste domingo (18) quando pedalava com um grupo ciclistas pelo acostamentoFoto: Reprodução

Um bancário de 45 anos morreu atropelado na manhã deste domingo (18) quando pedalava com um grupo ciclistas pelo acostamento da rodovia dos Imigrantes, altura do quilômetro 13, na zona sul de São Paulo. O motorista, de 23 anos, fugiu do local sem prestar socorro, mas foi localizado por policiais militares horas depois em Artur Alvim, na zona leste, a cerca de 50 quilômetros do local do acidente.

Rafael Tofoli foi socorrido ainda no acostamento, mas não resistiu aos ferimentos. Ele havia saído de Osasco (Grande São Paulo) com um grupo de 25 amigos ciclistas para participar de uma confraternização em um parque às margens da represa Billings, na região do ABC.

Segundo testemunhas que passavam pelo local no momento do acidente, o motorista que atropelou Tofoli trafegava pela rodovia fazendo manobras perigosas, em zigue-zague. A Polícia Militar conseguiu a placa do veículo a partir de imagens de câmeras instaladas na rodovia, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

Ao ser localizado, o motorista, que estava com mais quatro passageiros no automóvel, confessou o atropelamento e também que havia ingerido bebida alcoólica. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, e o resultado constatou 0,46mg/l. O motorista foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para a constatação de embriaguez e toxicológico.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, o caso foi registrado no 24º DP (Ponte Rasa) como acidente e homicídio culposo na direção de veículo automotor. Os outros passageiros foram liberados após assinarem um termo circunstanciado por omissão de socorro.