Caminhoneiro não paga fiança após acidentes e vai para cadeia

A Polícia Civil arbitrou fiança em R$ 5 mil para o acusado, que, embriagado, atingiu um bar e três carros em Santos

Comentar
Compartilhar
12 FEV 2017Por Gilmar Alves Jr.19h57
No segundo acidente, o caminhoneiro atingiu Crossfox preto e foi agredido por um grupo de pessoasNo segundo acidente, o caminhoneiro atingiu Crossfox preto e foi agredido por um grupo de pessoasFoto: Diário do Litoral

Após se envolver em acidentes em dois trechos de Santos na madrugada deste domingo (12), um caminhoneiro de 40 anos foi autuado em flagrante por embriaguez ao volante e recolhido à cadeia anexa ao 5º Distrito Policial (Bom Retiro). A Polícia Civil arbitrou fiança de R$ 5 mil, mas o valor não foi apresentado pelo motorista.

O caso teve grande repercussão nas redes sociais devido a um vídeo do momento em que o caminhoneiro atinge um bar, na esquina da Avenida Afonso Pena com a Rua Almirante Tamandaré, no Estuário, e dois carros: um Celta Preto e um Peugeot 207 Branco. O caminhão, um Ford Cargo ano 1990, atinge o bar passando por entre os dois carros, que estavam estacionados.

Após o acidente, o motorista deu marcha à ré, fez outra manobra e fugiu para a Avenida Pedro Lessa, no Embaré, onde atingiu um outro carro: um Crossfox preto.

Agredido por um grupo de pessoas na Pedro Lessa, o motorista perdeu a consciência e foi socorrido após a chegada da Polícia Militar. Com diversos ferimentos, ele foi levado ao Pronto-Socorro Central e depois encaminhado ao 7º Distrito Policial (Gonzaga).

Do distrito, o homem foi encaminhado para o posto do Instituto Médico-Legal (IML) de Santos, onde exame clínico apontou que o caminhoneiro estava alcoolizado e com alteração de sua capacidade psicomotora.

Após o indiciamento no distrito, o homem foi recolhido na manhã deste domingo para a cadeia.