X
Polícia

Briga de família acaba com jovem morto esfaqueado em Guarujá

O principal suspeito é o primo da ex-namorada do jovem, que de acordo com ela, teria sofrido uma tentativa de estupro pela vítima

Jovem morre esfaqueado em Vicente de Carvalho / Reprodução Plantão Guarujá

Uma briga de família terminou com um jovem de 19 anos esfaqueado e morto na noite desta terça-feira (10), em Vicente de Carvalho, Guarujá. O principal suspeito é o primo de sua ex-namorada, que afirmou que ela sofreu uma tentativa de estupro pelo jovem no último domingo (8).

O casal estava separado há um mês, porém, nos fins de semana ele ia visitar o filho de dois meses, que tinha com a jovem, de 24 anos, na casa dela.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O desentendimento familiar teria começado no último domingo (8), quando a vítima chegou na residência da ex-namorada, no bairro Pae Cará, transtornado e tentou agarrá-la à força. A moça relatou a Polícia Militar que, no Dia das Mães, o jovem teria tentado ter relações sexuais com ela, mas não conseguiu.

Ainda segundo o relato, seu primo teria chegado na residência e, ao se deparar com a cena, perguntou o que estava acontecendo. O suspeito do assassinato entrou na casa e mandou a vítima ir embora e nunca mais voltar.

No início da noite da terça-feira (10), o jovem retornou a casa de sua ex. A mãe de seu filho relatou que ele estava na frente da sua casa e pediu para abrir o portão, mas que ela não abriu por medo. A vítima pediu então para ver o seu filho e começou a fazer escândalo, chutando o portão para tentar entrar.

Ela chegou a fazer uma chamada de vídeo com a mãe do rapaz para mostrar o que ele estava fazendo. Quando ela chegou perto do portão, o jovem teria agarrado seu cabelo entre as grades. 

Neste momento, parentes que presenciaram o desentendimento e a agressão, partiram para cima do rapaz para ajudar a moça. Durante a confusão, o primo dela entrou em luta corporal e esfaqueou o ex-namorado da jovem no pescoço e no braço.

A vítima foi socorrida após populares acionarem o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), porém, não resistiu e morreu no local. Quando a polícia chegou, o suspeito havia fugido do local.

Nas redes sociais, a mãe do jovem assassinado lamentou a morte de seu filho e afirmou que perdeu ele para as drogas. 

O caso foi registrado como homicídio na Delegacia Sede de Guarujá e está sendo investigado pela Polícia Civil. Até o momento ninguém foi preso.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

OPORTUNIDADE

Novo concurso público é aberto em Santos; veja detalhes

O processo seletivo também procura profissionais atuantes que venham a ocupar sete funções diferentes

INICIATIVA

Projeto quer buscar soluções para saneamento básico na Baixada

O acesso ao saneamento básico no país tende a ser mais precário em regiões não urbanizadas, ou irregulares dentro ou fora de áreas urbanizadas

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software