Avó de detento é barrada com maconha em unidade prisional de São Vicente

Idosa, de 63 anos, tentava entregar seis pacotes de tabaco ao seu neto na Penitenciária 2 da cidade

Comentar
Compartilhar
28 JAN 2019Por Da Reportagem16h20
Agentes de segurança desconfiaram do odor de seis pacotes de tabaco trazidos pela mulherFoto: Divulgação/SAP

A avó de um detento foi barrada ao tentar entrar com maconha na Penitenciária 2 de São Vicente, durante a inspeção feita nos itens que entregaria a seu neto. O caso aconteceu no sábado (26), por volta das 11h. Os agentes de segurança desconfiaram do odor de seis pacotes de tabaco trazidos pela mulher, de 63 anos. Ao verificarem o conteúdo das embalagens, encontraram o total de 100 gramas da droga misturados ao fumo comum.

Já no domingo (27), por volta das 10h, servidores do Centro de Detenção Provisória "Luis César Lacerda", o CDP de São Vicente, impediram a entrada de uma jovem que carregava drogas na roupa. Ao passar pelo aparelho de escaneamento corporal, foi identificado um volume atípico na barra da calça da suspeita, de 20 anos. Questionada, a mulher admitiu portar invólucros de maconha costurados na roupa, que somavam 30 gramas da erva.

Ambas foram encaminhadas para o 1º Distrito Policial de São Vicente, onde foi feito o Boletim de Ocorrência, e tiveram seus nomes suspensos do rol de visitas da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP). As direções dos estabelecimentos penais enviaram comunicados para a Vara de Execuções Criminais, além de instaurarem Procedimento Disciplinar Apuratório.

 

Colunas

Contraponto