Auxiliar é detido depois de quebrar garrafa na cabeça de estudante

A vítima teve uma orelha parcialmente decepada e sofreu outros ferimentos, mas sobreviveu.

Comentar
Compartilhar
27 DEZ 201223h17

Por cauda de um suposto “esbarrão de ombro”, um auxiliar de escritório quebrou uma garrafa de cerveja na cabeça de um estudante dentro de um bar, na madrugada desta quinta-feira (27), em São José do Rio Preto, a 454 km da Capital. A vítima teve uma orelha parcialmente decepada e sofreu outros ferimentos, mas sobreviveu. O auxiliar foi preso em flagrante por homicídio tentado.

Chamados para atender a um caso de agressão num bar da Avenida Bady Bassit, policiais militares encontraram a vítima no escritório do estabelecimento.

A orelha do estudante de 25 anos estava parcialmente decepada e ele também tinha outros ferimentos no corpo. Em seguida, a vítima foi levada pelo Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Santa Helena, de onde foi transferida para o Hospital de Base para ser atendida por um cirurgião plástico.

Esbarrão

Os policiais conseguiram ouvir a versão do estudante quando chegaram ao bar. Disse que não sabia por que fora agredido pelo auxiliar de escritório A.D.B., 20, que lhe quebrara uma garrafa de cerveja long neck na cabeça, quase arrancado metade de sua orelha direita.

O estudante não conhecia o agressor, que ainda tentou “furá-lo” com o gargalo da garrafa, mas foi impedido por um vigilante. O auxiliar foi detido ainda dentro do bar e deu sua versão - o estudante lhe dera um “esbarrão com o ombro” e eles comeram a brigar. Foi quando pegou a garrafa e acertou a vítima.

A Delegacia Seccional de São José do Rio Preto autuou o auxiliar por homicídio simples tentado.