Tiros, atropelamento e prisão de assaltante no Centro de Santos

Captura ocorreu após dois assaltos na modalidade “saidinha de banco”. A troca de tiros, em plena luz do dia, assustou dezenas de pessoas em trecho movimentado do Centro

Comentar
Compartilhar
13 DEZ 201314h01

Em plena luz do dia, hoje (13) à tarde, o Centro de Santos foi cenário de troca de tiros entre uma dupla de assaltantes e policiais militares durante perseguição. Os fatos assustaram quem passava pela Rua João Pessoa, pouco depois das 12h30, em período de movimento intenso devido ao horário de almoço. Em fuga a pé, pela contramão da Rua Frei Gaspar, J.C.M., de 35 anos, acabou atropelado por um carro e foi detido pelos policiais militares que o perseguiam. O comparsa do ladrão capturado conseguiu escapar sem ser identificado.

A dupla é acusada de cometer dois roubos na modalidade “saidinha de banco” em pouco mais de 30 minutos, na Vila Mathias e no Centro. A segunda vítima dos acusados, rendida na esquina das ruas Brás Cubas e João Pessoa, acionou a PM logo após ser assaltada, o que possibilitou a localização da dupla, perto de um semáforo ainda na Rua João Pessoa.

Com a aproximação dos PMs, os criminosos, que ocupavam uma Honda XR3 preta, entraram na contramão da Rua Frei Gaspar e, logo depois, caíram do veículo. Ele continuaram a fuga a pé, até J.C.M. ser atropelado e o comparsa ter conseguido tomar rumo ignorado, portando a arma usada no tiroteio e R$ 5 mil roubados das duas vítimas.

A troca de tiros, em plena luz do dia, assustou dezenas de pessoas (Foto: Matheus Tagé/DL)

Nas dependências do 1º Distrito Policial (Centro), a dona de casa e o empresário que foram assaltados, ambos de 31 anos, reconheceram J.C.M.. A primeira vítima teve R$ 2 mil roubados, enquanto o empresário teve um prejuízo de R$ 3 mil.

A dona de casa contou ao DL que pretendia comprar um videogame para o filho com o dinheiro que fora sacado. Já o empresário realizaria pagamentos referentes ao seu estabelecimento.

O acusado foi autuado em flagrante por roubo e resistência pelo delegado José Roberto F. Esteves, sendo removido à cadeia anexa ao 5º Distrito Policial (Bom Retiro).

A moto usada pelos assaltantes foi apreendida e recolhida para o pátio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).