Após ter helicóptero atacado, PM faz operação em SV e criminoso morre em confronto

Policiais do 2º Baep fizeram incursão a pé no Mangue Seco, na Área Continental, e o criminoso os recebeu a tiros

Comentar
Compartilhar
03 ABR 2020Por Gilmar Alves Jr.19h17
Pistola de calibre .40 utilizada pelo criminoso durante o confronto com os PMsFoto: Divulgação/Polícia Militar

Um dia após ter um helicóptero alvo de disparos de arma de fogo, em São Vicente, a Polícia Militar fez uma operação com o objetivo de prender envolvidos no delito, na região do Mangue Seco, e foi recebida a tiros, o que motivou um revide e morte de um criminoso de 27 anos na noite desta quinta-feira (2). Nenhum policial ficou ferido.

De acordo com o registro do caso, na Delegacia Sede de São Vicente, integrantes do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (2º Baep) deflagraram a operação na comunidade, que fica no Parque Continental, e quando chegaram à Rua Pascoal Gabien iniciaram uma incursão a pé pela Rua Projetada H. 

O criminoso, que portava uma pistola de calibre .40, caminhou em direção aos policiais e logo na sequência iniciou disparos. 

No revide, os tiros disparados pelos integrantes do 2º Baep atingiram o homem duas vezes no abdômen e uma vez no braço direito. 

Caído, ele foi abordado consciente, sendo encaminhado para o Pronto-Socorro do Humaitá. Ele foi transferido para o Hospital Municipal, onde chegou a ser submetido a um procedimento cirúrgico, mas não resistiu em virtude da gravidade dos ferimentos. 

Sob as naturezas de homicídio decorrente de intervenção policial, legítima defesa, resistência e posse ilegal de arma de fogo, o caso foi registrado pelo delegado Daniel Pereira de Souza. 

O Diário procurou o setor de imprensa da PM e aguarda mais informações sobre a ocorrência envolvendo o helicóptero e que motivou a operação.