X
Polícia

Após furto a banco, dois morrem em troca de tiros com policiais no Vale do Ribeira

Quadrilha fortemente armada agiu na região central de Miracatu e explodiu o cofre central de um banco na madrugada desta terça; o tiroteio ocorreu à tarde

Cédulas furtadas de banco em Miracatu foram apreendidas na casa que era usada como esconderijo pela quadrilha / Divulgação/Polícia Militar

Dois integrantes de uma quadrilha que furtou um banco no Centro de Miracatu na madrugada desta terça-feira (20) morreram horas depois, à tarde, em uma troca de tiros com policiais militares e civis na área rural da cidade.

Um membro da organização criminosa foi preso à tarde e ao menos sete conseguiram fugir pela mata. Três dos fugitivos foram presos nesta noite. As buscas prosseguem. 

Na casa onde a quadrilha estava escondida, os policiais encontraram cédulas manchadas com tinta de dispositivo antifurto penduradas em um varal.

Também foram apreendidos cinco fuzis, duas metralhadoras, uma carabina, dois revólveres, uma pistola e dois carros, um deles com artefatos para explosão de caixas eletrônicos, conforme informou a PM. 

O coronel Rogério Silva Pedro, comandante da PM na Baixada e Vale, acompanha in loco as ações, que mobilizam grande contingente de policiais militares e civis nesta noite.

Diversas armas usadas pelos bandidos foram apreendidas (Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Política

Bolsonaro discursa aos gritos, usa palavrões e diz a empresários que eleição pode ser conturbada

Bolsonaro, militares e integrantes do governo entraram na mira da apuração sobre uma suposta organização criminosa investigada pela Polícia Federal por ataques às instituições e disseminação de desinformação

Cotidiano

Alerta: previsão de ressaca com ondas de até 3,5 metros a partir desta terça (17)

Com o mar agitado, as ondas podem chegar ao pico máximo na Baía de Santos na quinta-feira (19)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software