Alckmin apresenta plano de metas e bônus para policiais

Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas

Comentar
Compartilhar
20 JAN 201414h57

O governador Geraldo Alckmin apresentou nesta segunda-feira, 20, o programa de metas e bonificação das polícias do Estado de São Paulo, que tem como objetivo a redução de índices de criminalidade em todo o Estado. Policiais militares, civis e técnico-científicos poderão receber até R$ 8 mil de bônus por ano caso atinjam as metas estabelecidas.

“O plano estimula o trabalho em equipe e, com metas definidas, dá objetividade ao trabalho das polícias”, afirmou o governador Geraldo Alckmin.

Para explicar as metas aos policiais, a Secretaria da Segurança Pública organizou um seminário, detalhando as regras e parâmetros que definirão o pagamento dos bônus. Ao todo, 2.200 policiais com cargos de comando nas polícias Militar, Civil e Científica participaram do encontro, que aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

No seminário, os policiais aprofundaram o conhecimento do programa, que já tem sido apresentado em eventos regionais. Eles receberam material informativo, a ser compartilhado com seus subordinados, e conheceram detalhes sobre as metas de redução dos três indicadores estratégicos: 1) Vítimas de Letalidade Violenta (VLV), que inclui homicídios dolosos e latrocínios; 2) o número de Roubos; e 3) o número de Roubos e Furtos de Veículos.

Governador Geraldo Alckmin apresenta o programa de metas e bonificação das polícias do Estado de São Paulo (Foto: Edson Lopes Jr.)

O plano é baseado em um modelo de gestão desenvolvido em conjunto pela Secretaria da Segurança Pública, o comando das polícias e o Instituto Sou da Paz. A medida faz parte do programa “SP Contra o Crime”, um conjunto de ações estratégicas anunciado pelo governador no ano passado.

O Projeto de Lei que institui a bonificação por resultados foi enviado em dezembro à Assembleia Legislativa de São Paulo e, após aprovado, terá seus efeitos retroativos a janeiro deste ano.

“Estamos melhorando a gestão das polícias para resolver e prevenir mais crimes. O objetivo, ao adotar um plano de metas, é um só: reduzir a criminalidade”, disse o secretário da Segurança, Fernando Grella Vieira. “Os policiais já estão comprometidos com esse objetivo, pois essa já é a sua missão. O programa de metas busca dar maior incentivo a eles e premiar aqueles que forem além do cumprimento do dever”, concluiu o secretário.