Ajudante é preso por tráfico em Itanhaém

Comercialização de entorpecentes era realizada por Marcelo Azevedo Santos

Comentar
Compartilhar
05 MAR 201311h13

A Polícia Civil de Itanhaém capturou em flagrante, o ajudante geral Marcelo Azevedo Santos, de 27 anos, por tráfico de drogas. No flagrante, policiais apreenderam 161 cápsulas de cocaína e cinco frascos de lança-perfume.

Denúncia anônima transmitida à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Itanhaém possibilitou a apreensão. Segundo a informação, no bairro Jardim Guapurá, a comercialização de entorpecentes era corriqueira na Rua 49. Diante da informação, sob o comando do delegado Jaime Marcelo da Fonte Nogueira, do chefe dos investigadores, Luiz Fonseca, os policiais José Ricardo e Luiz Roberto deslocaram-se até o local citado.

Em monitoramento na via, os investigadores avistaram Marcelo atendendo pessoas na rua, em atitude típica do tráfico de drogas. Ao ser procurado por um motociclista, o ajudante geral recebeu uma quantia em dinheiro, foi até um matagal, pegou cápsulas de cocaína e entregou para o usuário. Nesse momento, José Ricardo e Luiz abordaram Marcelo. Percebendo a movimentação dos policiais, o motociclista conseguiu escapar.

Cocaína - Porções da droga foram recolhidas (Foto: Divulgação)

Em abordagem, Marcelo indicou que estava no local só de “passagem” e que os entorpecentes pertenciam ao motociclista. No matagal, os investigadores apreenderam os entorpecentes e localizaram a quantia de R$ 42,00.

Após ser encaminhado à DIG, Marcelo teve como destino o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Praia Grande. O caso foi registrado pelo delegado Luiz Alves Batista com auxílio do escrivão Eduardo Oscar Massarenti.