SEDUC

Agentes flagram 2 visitantes com entorpecentes em unidades prisionais da Baixada Santista

Duas mulheres tiveram os nomes suspensos da lista de visitas e foram encaminhadas à Delegacia de Polícia

Comentar
Compartilhar
17 JUN 2019Por Da Reportagem19h01
No pacote, havia 90 gramas de cocaína e 28 gramas de maconhaFoto: Divulgação/SAP

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informa que houve apreensão de entorpecente durante as visitas de familiares a presos em unidades prisionais da região da Baixada Santista, neste domingo (16).

No Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente, uma mulher de 21 anos foi flagrada tentando entrar na unidade com droga escondida nas vestes íntimas. Ela foi surpreendida enquanto passava pelo escâner corporal. O equipamento identificou uma imagem atípica na região genital da visitante, que quando questionada a respeito admitiu estar burlando o sistema de segurança. Em sala reservada, ela retirou da calcinha um pedaço de papel. Tratava-se de 25 micropontos de droga sintética.

Na Penitenciária II de São Vicente, uma mulher de 28 anos apresentou uma imagem estranha na região pélvica por meio do escâner corporal. Como negava veementemente portar qualquer objeto no corpo, a suspeita foi encaminhada para o Posto de Saúde para exame de raio-X, que comprovou a existência de um objeto não identificado dentro do corpo dela. A suspeita foi então levada de volta à unidade prisional, onde finalmente confirmou ter escondido entorpecente na própria genitália e acabou retirando um invólucro de dentro do corpo em sala reservada. No pacote, havia 90 gramas de cocaína e 28 gramas de maconha.

As duas mulheres tiveram os nomes suspensos da lista de visitas da SAP e foram encaminhadas à Delegacia de Polícia. Cada diretoria de unidade prisional tomou as medidas cabíveis, como comunicar as ocorrências à Vara de Execuções Criminais e abrir Procedimento Disciplinar Apuratório e, assim, averiguar a possível conivência dos detentos.