Adolescente morre após tentar assaltar PM em Praia Grande

O policial, que estava à paisana, baleou o rapaz no braço e na cabeça

Comentar
Compartilhar
22 JUN 2017Por Gilmar Alves Jr.19h44
O assaltante, à esquerda, no momento em que corre contra o policial para iniciar agressõesO assaltante, à esquerda, no momento em que corre contra o policial para iniciar agressõesFoto: Reprodução

Um adolescente de 17 anos morreu na noite de quarta-feira (21) após tentar assaltar um policial militar rodoviário na Avenida Rio Branco, no Boqueirão, em Praia Grande. O PM, que estava à paisana, baleou o rapaz no braço e na cabeça após ser agredido e ameaçado pelo assaltante, que usava uma réplica de arma de fogo.

O rapaz chegou a ser socorrido ao Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande, onde não resistiu em virtude da gravidade dos ferimentos.

O policial militar afirmou à Polícia Civil que retornava da academia caminhando quando foi surpreendido pelo adolescente, pouco depois das 20 horas.

Diante das ameaças e acreditando que o adolescente portava uma arma de verdade, o PM chegou a entregar seu celular.

No momento em que foi exigida sua mochila, a vítima a retirou para entregar e sacou sua arma de fogo, se identificando como policial.

O rapaz iniciou luta com o policial, o que motivou os disparos feitos pela vítima. O crime foi captado por uma câmera de monitoramento.

O delegado Alexandre Correa Comin, da Delegacia Sede de Praia Grande, entendeu que o policial agiu em legítima defesa ao registrar o caso e o liberou.

A arma da vítima, uma pistola de calibre. 40, foi encaminhada para perícia do Instituto de Criminalística (IC).