GOVERNO SAUDE

Acusado de armazenar mais de 1 t de maconha em São Vicente é preso pela Polícia Civil

Apontado como uma liderança do PCC no município vizinho de Cubatão, ele foi preso na tarde desta terça-feira (11), após três meses de investigações

Comentar
Compartilhar
11 FEV 2020Por Gilmar Alves Jr.22h32
A apreensão ocorreu em 22 de outubro de 2019 em um galpão de uma empresa de logística em São VicenteFoto: Divulgação/Polícia Civil

Após mais de três meses de investigações, policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) prenderam nesta terça-feira (11), em Cubatão, um homem de 34 anos que é apontado como responsável por 1,1 tonelada de maconha apreendida em 22 de outubro de 2019 dentro um galpão de uma empresa de logística na Área Continental de São Vicente

As investigações apontam que o homem preso nesta terça é uma liderança do Primeiro Comando da Capital (PCC) em Cubatão. 

A pedido do delegado Rubens Eduardo Barazal Teixeira, titular da Dise, a Justiça havia decretado a prisão temporária do investigado.

Na tarde desta terça, policiais sob o comando de Barazal e do investigador-chefe, Luiz Fonseca, foram a um comércio na Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Jardim Casqueiro, em Cubatão, e surpreenderam o acusado. 

O celular dele e um veículo foram apreendidos. Barazal representou pela prisão preventiva do homem, que responde por tráfico de drogas e associação ao tráfico. 

O combate ao tráfico de média e grande escala na Baixada Santista é o principal foco de atuação da Dise sob o comando de Barazal. A repressão à venda de drogas nas proximidades de unidades ensino também tem mobilizado as equipes da delegacia especializada.