X
Polícia

Ação da Receita Federal e da Polícia Federal é concluída com a apreensão de 48kg de cocaína

Droga estava escondida na estrutura de um contêiner refrigerado

Nesse caso, a droga não estava escondida em meio à carga, que era de carne congelada, mas na estrutura do contêiner / Divulgação

Nesta segunda-feira, dia 4, a Receita Federal e a Polícia Federal apreenderam no Porto de Santos 48 kg de cocaína em um contêiner prestes a ser exportado para Hamburgo, na Alemanha. 

O contêiner, do tipo refrigerado, foi selecionado para conferência física após análise de imagens de escâneres e de informações prestadas por importadores, exportadores, transportadores e outros agentes que operam no comércio exterior.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Nesse caso, a droga não estava escondida em meio à carga, que era de carne congelada, mas na estrutura do contêiner. O entorpecente foi localizado na parte de trás do contêiner, onde fica o aparelho de ar-condicionado. Para a descoberta da droga, foi utilizado um endoscópio industrial, empregado para procura em vãos e partes de máquinas e equipamentos. 

Assim que foram localizados os primeiros tabletes de cocaína pela Receita Federal, a Polícia Federal foi acionada para os procedimentos de polícia judiciária da União e para realizar a perícia no local dos fatos, a fim de subsidiar a investigação a ser conduzida em inquérito policial. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME NO TRIBUNAL

'Estava pelado e se masturbando', veja denúncias de assédio contra juiz de SP

Dez mulheres afirmam ter sido assediadas por Marcos Scalercio entre 2014 e 2020

ULTRAMARATONA

Paulista que impressionou Stan Lee agora quer superar a Capadócia

Ultramaratonista Carlos Dias já percorreu os pontos mais extremos do mundo, impressionou até Stan Lee e agora quer novos desafios

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software