Os sinos da morte na Praia do Gonzaguinha

Compartilhar
10 SET 2021Por Diário do Litoral14h00

Uma índia apaixonada não consegue lidar com a tristeza de ver o seu grande amor casar-se com outra mulher e se entrega ao mar na Praia do Gonzaguinha, em São Vicente, em 1542. Eis que uma vingança então acontece e todo o vilarejo da época é engolido pelas ondas. Inclusive uma modesta capelinha. Dizem que seus sinos soam até hoje. Sinos esses que representaram a morte de todos que ali moravam. Relembre mais uma história intrigante e fantástica que ajudou a enriquecer a cultura e o folclore das pessoas que moram na Região. Apresentação: Jeferson Marques