X

Peruíbe

Vereador de Peruíbe arrecada fundos e compra peça de ambulância

O valor gasto com a compra da peça nova possibilitando o funcionamento da ambulância foi de R$800

Da Reportagem

Publicado em 11/03/2017 às 09:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Preocupado com o baixo número de ambulâncias em Peruíbe, o vereador Adilson da Silva Oliveira, o Adilson da Táxi Van (PTB), ao invés de usar a prerrogativa que a função lhe proporciona - apresentar um requerimento de informações ao Executivo questionando a situação – decidiu tomar uma atitude surpreendente: sair em busca de recursos, comprar a peça nova para substituir a quebrada do veículo e colocá-lo para rodar e atender a população.

Antes, o parlamentar fez uma verdadeira ‘via sacra’, indagando junto aos setores responsáveis pela situação até chegar no pátio da Prefeitura e ­encontrar a viatura ­seminova parada há tempos. O pior foi descobrir que a ambulância, fundamental para atendimentos de urgência e emergência, estava sem trafegar por conta de uma peça de R$ 800,00.  

Diante da questão, o vereador foi em busca de amigos, conseguiu juntar o valor e pediu para um funcionário do pátio comprar uma peça nova, instalá-la no veículo para depois colocá-lo para rodar. A ambulância foi a salvação para os inúmeros atendimentos deste feriado prolongado de Carnaval na cidade.

Procurado pela Reportagem por volta das 9h20 da manhã da última quarta-feira (8), Adilson Oliveira demonstrou que sua conduta não foi um mero acaso. “Você poderia me ligar após o almoço, pois neste momento estou com minha atenção voltada a uma fiscalização que estou realizando aqui na cidade”, disse por telefone, sem revelar a ação.

Após ter cumprido a principal tarefa parlamentar, mas que muitos vereadores fazem questão de esquecer, Oliveira disse que sua ação foi realizada quase que de forma instintiva. “Eu já trabalho com transportes. Sou novato e ainda estou me adaptando à função de vereador. Não sei ainda o que posso, ou não, fazer. Por isso, muita gente estranhou minha atitude. A política é muito estranha. Mas não importa, não poderia deixar que um serviço tão importante ficasse prejudicado por conta de um conserto tão simples”, finaliza o ­vereador.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software