Site Vaga Certa vai cadastrar estudantes de Etecs e Fatecs para estágios e empregos

Ferramenta gratuita também poderá ser usada por alunos do Via Rápida

Comentar
Compartilhar
13 MAR 201415h53

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) lançou nesta quinta-feira, 13, o site Vaga Certa, que prevê a intermediação de vagas de trabalho para concluintes do Programa Via Rápida Emprego e estudantes e formandos de Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais, administradas pelo Centro Paula Souza. A ferramenta foi divulgada no Palácio dos Bandeirantes durante o anúncio de 17 novas unidades móveis do Via Rápida, programa da secretaria.

Participaram do anúncio o governador Geraldo Alckmin, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI), Rodrigo Garcia, a diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, parlamentares, prefeitos e outras autoridades.

“A pessoa faz o curso e já se cadasta no site para conseguir uma vaga”, disse o governador. “É um bom casamento entre educação e mercado de trabalho.”

O Vaga Certa vai funcionar como uma central gratuita de vagas online, com áreas destinadas tanto a empregadores como a alunos. Por meio de login e senha, estudantes poderão se cadastrar e atualizar seu perfil. Os empregadores, por sua vez, além de anunciar oportunidades, poderão buscar profissionais capacitados nos mais diversos segmentos.

Os participantes recebem material didático, auxílio alimentação de R$ 100 e subsídio transporte de R$ 150 (Foto: Divulgação)

Para se inscrever, o interessado deve se cadastrar no endereço www.viarapida.sp.gov.br/vagacerta. Lá ele terá acesso às oportunidades disponíveis e poderá receber um email quando surgir uma vaga que se encaixe no seu perfil. Além de possibilidades de emprego, o site vai disponibilizar estágios aos estudantes do Paula Souza.

Laura Laganá se disse entusiasmada com o novo programa de intermediação de vagas pela internet. “O Vaga Certa é um programa genial de intermediação de mão de obra que vai beneficiar os 300 mil alunos do Paula Souza”, disse. “Isso vai ampliar nossos índices de empregabilidade.”

Novas carretas

As 17 unidades móveis do Via Rápida anunciadas hoje vão oferecer mais de 50 opções de cursos gratuitos de qualificação nas áreas de Confecção Industrial, Imagem Pessoal, Panificação e Açougue, Hospitalidade, Manutenção Automotiva, Manutenção de Motos, Panificação, Produção Alimentícia, Refrigeração e Climatização, e Soldagem.

O Governo de São Paulo investiu R$ 31,6 milhões nos novos veículos, que têm área interna de 40 a 80 metros quadrados e são equipados com sala de aula e laboratórios para simular as práticas profissionais. Cada unidade atende até 20 alunos por turma. Com duração de 80 a 100 horas, os cursos são ministrados em três períodos por professores do Centro Paula Souza.

Os participantes recebem material didático, auxílio alimentação de R$ 100 e subsídio transporte de R$ 150. Desempregados também terão direito a uma bolsa mensal de R$ 210.

As inscrições são realizadas pelo site www.viarapida.sp.gov.br. Para participar é preciso ter idade mínima de 16 anos e residir em um dos municípios atendidos. Os documentos necessários são RG e CPF. O nível de escolaridade exigido é variado. Desempregados têm prioridade na seleção.

Lançado em 2011 para oferecer capacitação profissional gratuita a cidadãos que buscam ingressar no mercado de trabalho ou abrir o próprio negócio. O programa já atendeu 140 mil pessoas em 645 municípios paulistas.