Emprego na construção civil de SP cresce 1,54% em 2013

No ano, foram criadas 52 mil vagas de trabalho, de acordo com pesquisa divulgada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo

Comentar
Compartilhar
30 JAN 201414h38

O total de trabalhadores empregados no setor de construção civil no País no fim de 2013 foi 1,54% maior do que no fim de 2012. No ano, foram criadas 52 mil vagas de trabalho (saldo das contratações menos demissões), de acordo com pesquisa divulgada nesta quinta-feira, 30, pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com o resultado, o setor empregava 3,426 milhões de trabalhadores em todo o país ao final de dezembro.

No mês de dezembro foi apurada queda de 2,53% no indicador em relação a novembro, com o fechamento de 89 mil vagas. Contudo, essa queda sazonal foi menos acentuada do que em dezembro de 2012, quando o saldo entre demissões e contratações ficou negativo em 101,7 mil postos de trabalho.

No Estado de São Paulo foram criadas 11,9 mil vagas de trabalho no setor em 2013, alta de 1,37% ante 2012. Ao final de dezembro, o Estado empregava 878,6 mil pessoas com carteira assinada. Em dezembro, o índice apresentou declínio de 2,2% em relação a novembro, com o fechamento de 19,8 mil vagas.

O emprego na construção civil de São Paulo cresceu 1,54% em 2013 (Foto: Divulgação)