Voluntários ajudam a fazer a diferença no alojamento da Escola Paulo Freire

O local recebe cidadãos dispostos a colaborar com a Prefeitura no atendimento aos desabrigados

Comentar
Compartilhar
09 JAN 201410h48

A solidariedade da população com as cerca de 200 famílias desabrigadas após o incêndio da Vila da Noite tem se manifestado a partir de um intenso volume de doações, mas também com o trabalho voluntário. Alguns cidadãos optaram por destinar um pouco do seu tempo aos munícipes assistidos no local. Após uma semana do ocorrido, 22 famílias (cerca de 90 pessoas) permanecem no alojamento montado pela Prefeitura de Guarujá na Escola Municipal Paulo Freire (Avenida Tancredo Neves, s/n – Santa Clara).

Na quarta-feira (8), o local recebeu os serviços do cabeleireiro Marcelo Andrade Vieira, que é proprietário de um salão de beleza no Morrinhos. Acostumado a prestar trabalho voluntário para menores de instituições e orfanatos, Marcelo ficou sensibilizado com a situação e resolveu prestar solidariedade. Até ás 16 horas, ele havia realizado 20 cortes. “Sempre que posso, faço este trabalho. Ajudo a Casa do Menor de forma voluntária e ontem (terça-feira, 7) passei por aqui e senti a necessidade de ajudar”, comentou.

Cidadãos optaram por destinar um pouco do seu tempo aos munícipes (Foto: Eduardo Caetano/PMG)

Já a artista plástica Janaína da Silva Cardial de Freitas, também moradora do Morrinhos, está realizando serviços voluntários no local desde a semana passada. Janaína veio à Escola Paulo Freire para efetuar pintura no rosto para as crianças, mas acabou se envolvendo com a causa e colaborando com outras atividades: triagem, orientação às famílias e seleção das roupas doadas.

“A vivência deles, para mim, é muito gratificante. Na verdade, acaba sendo uma oportunidade estar ajudando os moradores que sofreram com esta catástrofe. Cada um auxilia da forma que pode, sendo com doações ou com a presença. E existem aqueles que vêm até aqui e colaboram ainda com a arte, música e o seu coração”, falou Janaína.

Para a secretária municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, que também preside o Fundo Social de Solidariedade, Elizabete Gracia da Fonseca, é importante a população e as empresas continuarem ajudando, seja com as doações ou com o trabalho voluntário. “Estamos muito gratos por todas as manifestações de apoio e a colaboração que temos recebido dos grupos religiosos, escoteiros e demais voluntários”, disse.

Serviços – Apesar de aproximadamente 90 pessoas estarem alojadas na Escola Paulo Freire, as 200 famílias que perderam seus barracos e estão abrigadas nas casas de parentes vão diariamente ao local fazer suas refeições e buscar orientações nos serviços oferecidos pela rede municipal.

A Prefeitura disponibilizou o atendimento de enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e agentes comunitários de Saúde. A rede municipal montou ainda uma brinquedoteca, uma sala de cinema e realizou oficinas com contadores de histórias e atividades esportivas para as crianças. O Projeto “Biblioteca Cidadã”, uma parceria da Prefeitura com o Cartório de Registro Civil, iniciou o atendimento no local na sexta-feira (3) para viabilizarem novas vias da Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento e Certidão de Óbito. O Lions Clube Guarujá Sul assumiu os custos das fotos e taxas para a documentação.

Na terça-feira (7), a prefeita Maria Antonieta de Brito esteve acompanhada do secretário-adjunto de Gestão Pública do Estado, Rogério Barreto, para início aos trabalhos do Poupatempo Móvel Estadual que foi montado na Escola Municipal Francisco Figueiredo, ao lado do alojamento, para atender especificamente os munícipes que perderam tudo.

Doações – Os postos de arrecadação receberam um grande volume de roupas e alimentos. A necessidade no momento é de materiais como leite em pó, água, papel higiênico, sabonete, barbeador, pastas de dente, fralda descartável e produtos de limpeza.

Confira os postos de arrecadação:

- Lions Clube Guarujá Sul – Avenida Vicente de Carvalho, 275 – Jardim Boa Esperança

- Biblioteca Geraldo Ferraz – Rua Ceará, s/n – Jardim Santense

- Escola Municipal Paulo Freire – Avenida Tancredo Neves s/n – Santa Clara

- Fundo Social de Solidariedade – Rua Cavalheiro Nami Jafet, 579 – Centro

- Acqua Mundo – Avenida Miguel Estéfno, 2001 – Enseada

- Câmara de Guarujá - Avenida Leomil, 291 – Centro

- Grêmio dos Funcionários do Hospital Santo Amaro – Rua Quinto Bertoldi, 40 – Vila Maia

- Defesa Civil - Avenida Adhemar de Barros, 571 – Santo Antônio