X

Hoje, a Câmara de Guarujá deve votar o Projeto de Lei do vereador Sérgio Santa Cruz (PRB) que institui medidas contra a prática de trotes telefônicos à Guarda Civil Municipal (GCM). A proposta define multas para os responsáveis, que variam de R$ 634,00, para primeira incidência, a até R$ 1.268, em casos de reincidência. A identificação será feita através de registros obtidos junto às empresas de telefonia, assim como pelo serviço de atendimento da Guarda. O responsável pela linha terá prazo de 30 dias para apresentar  defesa por escrito ao órgão competente que irá avaliar a situação.  Caso fique evidenciado que o responsável pela linha não seja o autor da ligação, ele ainda terá oportunidade de comprovar a identidade e endereço do responsável.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Fiat lança Pulse, seu primeiro SUV desenvolvido no Brasil

O Fiat Pulse também quer brigar pelo congestionado segmento de utilitários esportivos compactos

A nova geração do Toyota Land Cruiser

Com setenta anos de estrada, o Toyota Land Cruiser é apresentado em sua nova geração

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software