Só um toque

Comentar
Compartilhar
14 DEZ 2017Por Da Reportagem00h00

Vale lembrar a vereadora e os vereadores de Guarujá que aprovaram a proposta, já bastante criticada nas redes sociais, que o senador Cristovam Buarque (PPS-DF), designado relator do projeto (PLS 193/2016) que prevê a inclusão na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) do Programa Escola Sem Partido, entregou relatório pela rejeição da proposta. A matéria estava na pauta da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE), mas retirada a pedido do ­próprio autor, senador Magno Malta (PR-ES). A ­Escola Sem Partido também é considerada uma aberração por centenas de especialistas, ­educadores e inconstitucional pelo Ministério Público.