Situação perigosa

Comentar
Compartilhar
20 JUL 2017Por Da Reportagem00h00

Ainda sobre o VLT, Banha quer que a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) e que a Secretaria Estadual de Transportes adotem medidas ‘urgentíssimas’ para melhorar a segurança dos funcionários. “Não há segurança nas plataformas e nem guichê para que se guarde os valores obtidos com a venda das passagens”, afirma.