Sem qualidade

Comentar
Compartilhar
08 NOV 2017Por Da Reportagem00h00

“Sabemos que 80% dos casos de saúde podem ser tratados e resolvidos na atenção básica. Mas, como as policlínicas não têm mais a qualidade de antes, a população precisa ir direto para os serviços de urgência e emergência e de média e alta complexidade. Tudo poderia ser evitado se os morros tivessem unidades com bom atendimento”, questiona Telma.