X

Segundo Chico, a legislação deve ser aperfeiçoada para que possa garantir segurança em todos os terminais portuários e oferecer informações sobre produtos em circulação na cidade. “É importante que a prefeitura, a Codesp e a Defesa Civil possam acompanhar o trânsito de mercadorias em granel líquido, não só no momento do registro ou renovação do alvará, mas no dia-a-dia do Porto. Só assim, será possível atuar corretamente na prevenção e no combate de um novo acidente”. Lembrou o vereador, no caso do incêndio na empresa Localfrio (Guarujá).

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

MP muda tabela do preço do frete rodoviário de carga

Tabela foi elaborada em 2018, após a greve dos caminhoneiros

CÂMARA DE SP

Com aumento de crimes, vereador insiste em fim do PIX em São Paulo

Após aumento de 228% de crimes contra o PIX, Marcelo Messias (MDB) voltar a falar da importância de projeto que pede o fim da ferramenta na Capital

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software