Quase um mantra

Comentar
Compartilhar
23 MAR 2017Por Da Reportagem00h00

Sabatinado sobre a situação da usina de asfalto durante audiência pública, o presidente da Prodesan, Odair Gonzalez, foi muito questionado sobre o porquê das empresas que realizam obras em Santos não comprar massa asfáltica da companhia. Não foram poucas as vezes que Gonzalez repetiu a frase: “Eu vendo asfalto! Eu não compro. Essa pergunta você tem que fazer para o comprador”.