Programação da Festa do Padroeiro da Cidade continua

Além de ações religiosas, haverá também as inaugurações da Lavanderia Solidária LavPaty e do Centro de Apoio Operacional (Regional) do Morrinhos/Vila Edna

Comentar
Compartilhar
17 JAN 201412h14

A programação de comemoração ao Dia de Santo Amaro – padroeiro de Guarujá continua. As festividades se estendem até o dia 23 e haverá missa campal, procissão, quermesse, apresentações musicais e inaugurações. Na Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santo Amaro, (Praça da Matriz, Av. Puglisi, s/n°, Centro) haverá procissão nos dias 18, 19, 25 e 26 de janeiro, às 18 horas, e missa campal. Em seguida, os fieis poderão conferir apresentações musicais ao vivo, além da quermesse no local.

Nesta sexta-feira (17), às 16 horas, a Prefeitura e o Consulado da Mulher inauguram a Lavanderia Solidária LavPaty (Avenida Atlântica, 1.205 – Pae Cará). O equipamento social é destinado à geração de emprego e renda das famílias moradoras do Conjunto Habitacional Vila Nova Esperança e é o primeiro do Município a atuar sob o sistema de economia solidária. Os habitantes do Conjunto moravam em palafitas às margens do Canal Acaraú, no Pae Cará e receberam 32 casas ecologicamente corretas há três anos.

Nesta sexta-feira (17), às 16 horas, acontece a inauguração Lavanderia Solidária LavPaty (Foto: Eduardo Caetano/PMG)

No dia 23, também às 16 horas, o Centro de Apoio Operacional (Regional) do Morrinhos/Vila Edna passa a funcionar no novo prédio. A Regional, que fica atualmente na Avenida Antenor Pimentel, 760 – Morrinhos II, vai mudar para um local mais amplo e estrategicamente localizado entre os dois bairros, para receber melhor os munícipes.

O prédio fica ao lado da Unidade de Saúde da Família “Gustavo Coelho de Almeida”, inaugurada no Dia de Santo Amaro, na Rua Poeta Alberto de Oliveira, s/nº.

Dia de Santo Amaro - Instituído como feriado municipal, com base na Lei Federal 605, de 5 de janeiro de 1949. A Lei Municipal 319, de 3 de dezembro de 1956, instituiu à época os feriados religiosos do Município, definindo 15 de janeiro como Dia de Santo Amaro, o Padroeiro de Guarujá.

O Santo nasceu em Roma, Mauro, como também é conhecido, entrou muito cedo para a vida religiosa. Filho espiritual e grande amigo de São Bento, tornou-se beneditino com apenas 12 anos de idade. Vários milagres são atribuídos a Santo Amaro, como a cura de enfermos, de um mudo paralítico e de um cego de nascença chamado Heraldo. O Padroeiro de Guarujá (ou Santo Mauro), que edificou 120 mosteiros na França, faleceu em 15 de janeiro de 565, aos 72 anos.