Praias de Guarujá ganham reforço de cerca de 50 guarda-vidas temporários

A formatura ocorreu na última sexta-feira (20) na Praia da Enseada e foi prestigiada pela prefeita da Cidade, Maria Antonieta de Brito

Comentar
Compartilhar
27 DEZ 201317h10

Para garantir a segurança dos banhistas que freqüentam as praias de Guarujá, 50 guarda-vidas temporários (GVTS) reforçam a Operação Praia Segura em toda a orla da Cidade nesta temporada. Na última sexta-feira (20), a prefeita da Cidade, Maria Antonieta de Brito, acompanhou a formatura dos novos profissionais. A cerimônia ocorreu no Posto do Corpo de Bombeiros, na Enseada (Avenida Miguel Stefano, nº 2.474 – Enseada).

Incorporada à Operação Verão, os GVT´s vão atuar por 40 horas semanais. A solenidade contou ainda com as presenças do secretário de Defesa e Convivência Social, Wagner Pereira da Silva; o assessor estratégico da Secretaria, coronel Raimundo da Silva Filho; e o diretor da Defesa Civil de Guarujá, Ademir Altman.

Os guarda-vidas passaram por curso que durou três semanas. No conteúdo, aprenderam técnicas básicas de recuperação de afogados; técnica de atendimento hospitalar; prática de salvamento aquático; abordagens às vítimas de afogamentos; prevenção passiva/ ativa; além de conhecimentos elementares sobre o mar.

Prefeita Antonieta presente na formatura dos bombeiros temporários (Foto: Roberto Sander/PMG)

O curso dos contratados ocorreu após a conclusão do curso intensivo, com provas de resistência física e teórica. O novo reforço será integrado aos 56 salva-vidas fixos do Corpo de Bombeiros, 49 contratados pelo Estado e aos seis guarda-vidas da Guarda Civil Municipal.

As praias com mais movimento receberão o maior número de guarda-vidas, que serão distribuídos da seguinte forma: Praia do Guaiuba (4), Praia do Tombo (4), Praia das Astúrias (4), Praia das Pitangueiras (12), Praia da Enseada (20), Praia do Pernambuco (4), Praia do Perequê (2) e Prainha Branca (4). O contrato dos GVTs tem validade de 120 dias.

Para auxiliar o trabalho dos novos profissionais, a Prefeitura adquiriu apitos, nadadeiras, roupas, unidades de resgate, entre outros equipamentos. Para esta temporada, Guarujá contará com quatro motos aquáticas, dois botes, duas unidades de resgate, um quadriciclo, duas viaturas orgânicas (apoio paralelo), mais uma unidade de transporte.

Durante a formatura, a chefe do Executivo destacou que o Grupamento sempre terá o apoio da Administração Municipal. “É o carinho da gestão pelo trabalho que realizam e que reforça o trabalho da Polícia Militar. Com maior segurança, orientação e o cuidado com o que foram qualificados”.

O tenente do Grupamento de Bombeiros, Ricardo Fernandes de Barros Júnior falou sobre a importância da capacitação. “A eles foram agregados conhecimento e novas atualizações. Todo ano eles se aprimoram nas disciplinas, além de lidar com equipamentos diferenciados. 60% deste grupo já atuaram no ano passado”, ressaltou.

Segundo o secretário de Defesa e Convivência Social, por mais um ano a Prefeitura faz a contratação dos GVT´s. “Em parceria com o Corpo de Bombeiros este reforço de cerca de 50 guardas temporários vão oferecer maior segurança e tranqüilidade aos banhistas que freqüentam nossas praias”.

Dentre os formandos, o destaque da turma foi o guarda-vida Ricardo Pereira eleito o melhor aluno do curso. Ele, 37 anos, obteve nota 9,65 com 100% de aproveitamento. “É o segundo ano que participo. Ano passado fiquei em 29º lugar. Foi um ritmo de curso bem pesado, afinal foram três semanas de curso”, comentou.

Perfil – O Corpo de Bombeiros traçou o perfil do afogado que possui as seguintes características: homens (80%), solteiros (85%); faixa etária entre 14 e 25 anos (80%); moram fora da costa (75%); ingeriram álcool (40%); não sabem nadar (55%), e o horário dos afogamentos ocorre, normalmente, das 12 às 19 horas.