Por unanimidade

Comentar
Compartilhar
06 ABR 2017Por Da Reportagem00h00

O pedido de cassação do presidente da Câmara de Guarujá, vereador Edilson Dias (PT), foi rejeitado pela Casa por unanimidade. Edilson já dizia que estava tranquilo em relação aos seus atos e da improcedência da denúncia. O pedido apresentado por um munícipe fazia ligação entre a contratação do diretor jurídico da Casa Paulo Cesar Clemente, feita por Edilson, e outro vereador, Zé Teles Junior (PPS), que teria contratado o filho do referido diretor para sua assessoria.