Passageiros

Comentar
Compartilhar
06 SET 2018Por Da Reportagem00h00

Tatto também quer retomar o transporte de passageiros por intermédio de ferrovias. “As rodovias estão saturadas e o transporte rodoviário se tornou caro. Precisamos de uma alternativa mais barata entre as regiões metropolitanas para oferecer aos trabalhadores”, completou. Como secretário de Transportes de São Paulo por duas gestões (2003-2004 / 2013-2016), Tatto beneficiou sete milhões de pessoas, e tornou-se referência em todo o Brasil, com o Bilhete Único, Passe Livre, Corredores Exclusivos de Ônibus e implantação das Ciclovias.