Os anos de ouro de Mickey

Quem frequenta as bancas de jornal periodicamente já deve saber: a editora Abril está lançando luxuosos álbuns com todas as tirinhas de Mickey Mouse, publicadas desde 1930

Comentar
Compartilhar
21 MAI 2017Por Da Reportagem16h30

Praticamente um tesouro impresso para fãs, colecionadores e pesquisadores, a coleção já está no quarto volume e vem fazendo bastante sucesso, apesar do preço (R$ 59,90 cada).

Trazendo em cada volume uma introdução histórica com informações preciosas sobre os primeiros desenhistas e roteiristas a lidarem com o personagem como o lendário Ub Iwerks, Win Smith, Roy Nelson, Hardy Gramaky, Floyd Gottfredson e muitos outros, a coleção também mostra como Disney criou um império a partir de um simples camundongo.

Outra característica que chama a atenção é a inocência das histórias, assim como a violência explícita e nenhuma preocupação com o politicamente correto. Numa tirinha de 1933, por exemplo, Mickey e Pateta abriram uma agência de detetives e, quando precisam solucionar o caso de galinhas comilonas que atacam os jardins da vizinhança, Pateta simplesmente vai lá e mata todas as galinhas. Ainda termina dizendo: “As galinhas não vão incomodar mais!”, enquanto arrasta pelo menos meia dúzia de galinhas mortas e amarradas pelo pescoço.

Mas as primeiras tiras são mesmo bem inocentes e somente aos poucos vão ganhando caráter de continuidade. São mais focadas em travessuras do que aventuras (marca registrada de Mickey depois dos anos 50) e apresentam também os primeiros vilões, como o gato Nip, que tinha roupa de criança abandonada – um boné e um macacão velhos – ; além dos primeiros parceiros como Pateta e Butch, um malandro atrapalhado que sempre coloca Mickey em encrencas, apesar de querer ajudar.

Como as tirinhas originais foram publicadas apenas em preto e branco, para essa coleção foi desenvolvido um trabalho de colorização especial, com tons suaves e, porque não dizer, nostálgicos, que só valorizaram ainda mais o material. Também poderemos conferir as primeiras aparições de Pluto, Horácio, Pateta e muitos outros.

Os volumes de os anos de ouro de Mickey que já saíram são: Mickey na ilha misteriosa (1930-1931); Mickey no circo (1931-1932); O mistério do castelo assombrado (1932-1933) e Os piratas (1933-1934).

Como a promessa da Abril é publicar a cronologia completa das tiras de quadrinhos de Mickey, o negócio é ficar de olho nas bancas e comic shops para não perder nenhum volume. A promessa é que sejam, no mínimo, 37 edições.