Neim Amélia Marangoni recebe primeira apresentação da peça Brincando com Vinícius de Moraes

O espetáculo encerra as atividades do projeto AMAR e leva a literatura de forma lúdica aos alunos

Comentar
Compartilhar
19 NOV 201316h43

A primeira apresentação da peça teatral Brincando com Vinicius de Moraes em Guarujá levou o encanto da poesia do músico e poeta aos alunos do Núcleo de Educação Infantil Municipal (Neim) Amélia Marangoni Chede, (Rua Quinze – s/nº – Parque Enseada), no último dia 11. O espetáculo, apresentado pelas educadoras do Projeto de Atividades Motoras e Ações Recreativas (AMAR), marca o encerramento das atividades em 2013. Duas obras do poeta foram destacadas: As Borboletas e a poesia A Casa.

No espetáculo, os bichos presentes na poesia do escritor como o pato, pulgas, leão e borboletas. Desta maneira, as crianças têm um contato com a poesia e a música de um dos escritores mais conhecidos do País. Ao final do espetáculo, após muitas palmas, as crianças abraçaram os bichos e interagiram com os personagens.

A orientadora do Neim, Maria de Fátima Benigna de Andrade, destacou a superação das educadoras. “A cada ano, elas se superam e são muito dedicadas. Com essa peça, o teatro vem à escola e isso é muito importante para as crianças que se encantam com a apresentação”.

Projeto Amar (Foto: Meilin Neves/PMG)

A educadora que interpretou Vinícius de Moraes, Cleide Ribeiro, explica que fez uma pesquisa aprofundada a respeito da vida do poeta. “Foi uma responsabilidade muito grande representá-lo. Todo o trabalho de dedicação da equipe no desenvolvimento da peça é que fez com que fosse um sucesso. Gostei muito do resultado. O brilho nos olhos das crianças e o sorriso dos adultos é o mais gostoso”.

Segundo a coordenadora dos Núcleos de Educação Infantil (Neims), Edna da Silva Costa, a criatividade e o talento das educadoras do projeto Amar fazem a diferença. “Elas trazem conhecimento de mundo às crianças, com a poesia e a música do Vinícius. Foi uma estreia maravilhosa”.

“A cultura levada às crianças e a maneira como a peça acaba relembrando aos adultos a sua própria infância são fatores importantes”, salientou a coordenadora de Projetos e Programas da Educação Infantil da Seduc, Cátia de Souza Silva.

Para a secretária de Educação, Priscilla Bonini, “o espetáculo, que encerra as atividades do projeto Amar neste ano facilita a aproximação com as crianças e é uma maneira lúdica de trabalhar com elas”. A programação do espetáculo prossegue nos Núcleos de Educação Infantil, além de algumas instituições da Cidade.

Investimento – Agora, os alunos da rede municipal de educação infantil de Guarujá têm uma visão diferente e com mais qualidade na apresentação do espetáculo realizado anualmente pelas educadoras do AMAR. A Secretaria de Educação realizou um investimento para aprimorar a peça, que é encenada por educadoras do Município. O grupo conta com um grande reforço para o espetáculo. Elas ganharam uma caixa amplificadora, quatro câmeras fotográficas, seis microfones, um aparelho DVD e uma câmera filmadora. Todo o material foi entregue pela secretária de Educação. Para ela, os projetos que buscam a melhoria do processo de ensino aprendizagem e contam com empenho dos profissionais da educação merecem todo o respeito. “Este investimento é pequeno perto do resultado grandioso que o Projeto traz para a formação das crianças”, enfatizou Priscilla.