Mudar isso aí

Comentar
Compartilhar
18 JAN 2019Por Da Reportagem00h00

O deputado estadual e senador eleito Flávio Bolsonaro obteve ontem uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) para suspender as investigações sobre as movimentações atípicas envolvendo Fabrício Queiroz, ex-assessor de seu gabinete. Na reclamação feita ao Supremo, Flávio argumentou que deveria ser processado no STF pelo fato de que assumirá o mandato no Senado em poucos dias.