X

A Secretaria de Educação do Estado está refutando a atitude e vê como lamentável o posicionamento do prefeito de Peruíbe em relação a quebra do convênio da merenda. Em nota à coluna Contraponto, informa que é de conhecimento da administração municipal que não há possibilidade de os estudantes sofrerem com a falta de mantimentos no ano letivo de 2018. Caso a desistência do convênio ocorra, os alunos da cidade receberão alimento diretamente do Estado, como já acontece com cerca de 1,7 milhão de estudantes, diariamente. “A medida de criar alarde entre pais e estudantes não é responsável, tão pouco verdadeira”.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Circuito Netuno de Travessias define campeões na última etapa de 2021

Competição contou com desafio 'qualify' no último domingo e 14ª edição começa em janeiro de 2022

Esportes

Com garotos, Palmeiras derrota Cuiabá e assegura terceira colocação

Três dias depois de conquistar o tricampeonato da Copa Libertadores da América, o Palmeiras voltou a campo nesta terça-feira para encarar o Cuiabá, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software