X

A Medida Provisória de nº 870/19, assinada por Bolsonaro, retirou a população LGBT da lista de políticas e diretrizes destinadas à promoção dos Direitos Humanos. As pessoas LGBT, que antes eram citadas nas estruturas da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, foram excluídas. No site do Ministério dos Direitos Humanos do governo de Michel Temer, por exemplo, a pauta “LGBT” aparece como uma das “áreas de atuação”.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Criança faz campanha para ajudar Fundo Social de Praia Grande

Miguel, de 8 anos, mobilizou parentes e amigos para juntar tampinhas de garrafas pet, que serão utilizadas para comprar cadeiras de rodas

Santos discute queda de Carille em reunião nesta segunda

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software