X

Mais DL

Japan House: a primeira casa oficial do Japão abre em São Paulo

A JAPAN HOUSE São Paulo é primeira unidade do projeto global do governo japonês no Brasil e abriu as portas para o público dia 06 de maio, no coração da Avenida Paulista

Da Reportagem

Publicado em 04/06/2017 às 15:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Com a missão de atualizar a percepção dos brasileiros sobre o Japão contemporâneo, o novo centro cultural combina arte, tecnologia e negócios, oferecendo aos visitantes uma perfeita tradução do Japão do século 21, sem se esquecer de suas raízes e tradições.
A casa tem uma fachada moderna com elementos milenares, bem característico desse país tão fascinante. O projeto é do consagrado arquiteto japonês Kengo Kuma, em parceria com o escritório paulistano FGMF Arquitetos, e abrigará muitas exposições  exposições. Selecionadas pelo curador Marcello Dantas, diretor de programação, a primeira delas leva o nome Bambu – Histórias de um Japão e revela uma cronologia visual de mais de 150 anos de arte em bambu. 
Atualmente no espaço já estão presentes o Imi Café (com doces especiais típicos japoneses e até bolo de chá verde), o restaurante JUNJI SAKAMOTO (com típicas receitas japonesas mas o menu ainda pouco variado), a loja Furoshiki (com itens da arte tradicional japonesa, como os famosos lenços para embalar ‘”marmita”) e a Japan Madoh (produtos de design, moda, alimentos e bebidas vindos do Japão).
Uma curiosidade é que até o banheiro é diferente com privadas de tecnologia japonesa que limba e seca com apenas alguns botões do controle remoto o visitante.
Um espaço multimídia com cerca de 1.900 livros estão disponíveis para consultas. Além disso, uma intensa programação de palestras e workshops ocorrerão durante o ano. 
É um privilegio poder ter um espaço desse porte aqui no nosso país. A entrada é franca proporcionando para qualquer pessoa uma viagem sem sair de São Paulo. Eu fiquei encantada com o local e atendimento. Muitas amostras iram acontecer ao longo do ano
O centro cultura paulista é o primeiro de três instituições do tipo que o governo japonês planeja construir pelo mundo. As próximas filiais do projeto abrirão as portas em Londres e Los Angeles.
O espaço funciona de terça a sábado, das 10h às 22h. aos domingos, 10h às 18h.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software