X
Governo

Inscrições para Bolsa do Povo Educação podem ser feitas até dia 12

Benefício de R$ 500 será pago a pais ou responsáveis legais de alunos das Etecs; bolsistas vão auxiliar as unidades no cumprimento do protocolo adotado para permitir o retorno facultativo às aulas presenciais

Bolsistas vão auxiliar no cumprimento do protocolo sanitário nas Etecs e Fatecs de todo Estado / Divulgação

Pais, mães e responsáveis legais de alunos matriculados nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) têm até o dia 12 de setembro para se inscrever na Bolsa do Povo Educação CPS. O benefício de R$ 500 mensais foi anunciado na última semana pelo Governador João Doria, durante evento realizado no Palácio dos Bandeirantes, na Capital. O contrato tem duração de seis meses, sendo prorrogável até 31 de dezembro de 2022.

Além de gerar renda e amenizar os impactos da pandemia, a iniciativa permite aproximar as famílias da escola, o que gera benefícios para toda a comunidade escolar. A ideia é que os bolsistas auxiliem as equipes gestoras das Etecs e Faculdades de Tecnologia do Estado (Fatecs) no cumprimento do protocolo sanitário adotado para permitir o retorno facultativo às aulas presenciais.

Para se candidatar a uma bolsa, é preciso ser o responsávael legal por um aluno de Etec; ter entre 18 e 59 anos; estar desemprego há, pelo menos, três meses; não ter comorbidades associadas à Covid-19 e residir no município onde está localizada a unidade em que o candidato pretende ser bolsista. É possível se inscrever em até três Etecs ou Fatecs.

As inscrições devem ser feitas pelo site do Bolsa do Povo. Cada candidato receberá pontos, de acordo com os pré-requisitos que cumprir. Os selecionados serão entrevistados pelo diretor da unidade e a concessão do benefício precisa ser chancelada pelo Núcleo Regional de Administração do CPS.

A expectativa é que os bolsistas selecionados passem por uma capacitação no início de outubro e comecem a atuar no dia 4 do mesmo mês. Serão concedidas 2.368 bolsas, distribuídas por todas as Etecs e Fatecs do Estado. Cada unidade do Centro Paula Souza terá, no mínimo, quatro beneficiários. Os recursos para os primeiros seis meses são da ordem de R$ 7,1 milhões.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

Se já estava ruim, vai piorar! Petrobras anuncia novo aumento nas refinarias

Reajuste passa a valer nesta terça-feira (26) para gasolina e diesel

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software