X

O ‘mau’ serviço prestado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Santos está sendo alvo do vereador Chico Nogueira (PT) na Câmara. Indignado, ele falou sobre uma ocorrência registrada no feriado de Páscoa, quando o corpo de um rapaz de 19 anos, vítima de acidente de moto, ficou mais de três horas na pista e levou 24 horas para ser liberado pelo IML, para desespero da família. Nogueira criticou o governo estadual que mantém apenas um médico legista para atender à toda a Baixada Santista, o que acarreta em um serviço deficiente e reduz o tempo do velório, agravando o sofrimento de famílias em um momento de profunda aflição. “É intolerável o descaso do governo do Estado com a nossa cidade e os demais municípios”.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

IMPORTANTE

Em São Vicente, drive-thru da Prefeitura coleta 100 Kg de resíduos eletrônicos

Ação da Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam) teve o objetivo de conscientizar sobre o descarte correto do lixo eletrônico na Cidade

VOLTA

Com mais de 50 marcas autorais, 'O Coletivo' retorna a Santos em dezembro

Com a assinatura da artesã e empreendedora Aline Tolotti, O COLETIVO contará ainda com uma performance visual do Estúdio Prêo e dos artistas Ramon Arzerra e Nane Anders

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software