X

A mesma vereadora que apoio palavras de ordem das galerias contra a diversidade ideológica, cultural e sexual, conseguiu aprovar, semana passada, o projeto de Lei que dispõe sobre a denominação de próprios, vias e logradouros da Cidade no sentido de mudar o nome de ruas e avenidas que enaltecem a defesa ou exploração de mão de obra escrava, assim como pessoas que tenham se envolvido, direta ou indiretamente, com crimes de violação de Direitos Humanos, como a tortura.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Mulher encontrada em decomposição em São Vicente será sepultada nesta terça-feira

Corpo foi encontrado pelo filho da vítima na última segunda-feira (6) em um condomínio da Vila Voturuá

Educação

Organização cria miniflorestas em escolas públicas com apoio da prefeitura de São Paulo

A entidade formigas-de-embaúba realiza o plantio participativo de Mata Atlântica com estudantes, além de oferecer formação on-line a professores para projetos de educação ambiental

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software