Gratuidade no transporte

Comentar
Compartilhar
26 OUT 2018Por Da Reportagem00h00

A Câmara de Guarujá discute o Projeto de Lei de autoria do vereador Edilson Dias (PT), que altera o sistema de gratuidade do serviço de transporte coletivo urbano às pessoas portadoras de deficiência. A proposta prevê a substituição dos cartões de recarga que atualmente são concedidos a esse público por uma Carteira de Identificação do Passageiro Especial (CIPES), que eliminará a necessidade de repor créditos e também poderá ser utilizada de forma ilimitada. Esse modelo já é adotado nas linhas intermunicipais, geridas pela EMTU, e tem sido reivindicado por entidades locais que atuam na defesa dos direitos das pessoas com deficiência.