Filme Velozes e Furiosos 7 não será cancelado

Diretor e Universal decidem continuar com a produção do longa, mesmo após a morte do ator Paul Walker

Comentar
Compartilhar
02 DEZ 201314h23

O diretor do filme Velozes e Furiosos 7, James Wan, e executivos da Universal decidiram continuar com a produção do longa mesmo após a morte de Paul Walker, no sábado, num trágico acidente de carro, na cidade de Santa Clarita, na Califórnia (EUA).

Ainda em fase de produção, o sétimo longa da franquia Velozes e Furiosos seguirá com as filmagens. A decisão foi tomada pelo diretor do filme e executivos da Universal no último domingo, um dia após a morte do ator Paul Walker, em um acidente de carro, no Sul da Califórnia. As informações foram divulgadas pelosite The Hollywood Reporter.

Paul Walker morreu em um trágico acidente de carro, no dia 30 de novembro, aos 40 anos. Astro em cena do filme Veículo 19, de 2012 (Foto: Divulgação)

Walker interpretava o ex-policial Brian O'Conner, envolvido em corridas clandestinas de carros, um dos protagonistas do filme.

No domingo, os executivos e o diretor do longa se reuniram para discutir o futuro da produção e se seria necessário reescrever algumas sequências, em virtude da morte de Paul Walker, e para que ele seja retratado na trama de forma respeitosa.

Paul Walker e Vin Diesel em sequência do filme Velozes e Furiosos 6 (Foto: Divulgação)

Novas cenas em Abu Dabi seriam filmadas em janeiro, mas e acordo com o site, o ator já havia filmado a maior parte de suas cenas.
Velozes e Furiosos 7 tinha estreia prevista para o dia 11 de julho de 2014, mas o lançamento foi adiado e ainda não tem data definida.

Na semana passada, o elenco do filme estava de folga devido ao feriado norte-americano de Ação de Graças. A equipe retomaria as gravações no último domingo, na cidade de Atlanta, mas em virtude da morte trágica de Paul Walker,  a equipe foi dispensada.

Paul Walker consagrou-se no cinema nos filmes da franquia Velozes e Furiosos como o ex-policial Brian O'Conner

O ator Paulo Walker morreu tragicamente em um acidente de carro, na comunidade de Valencia, na cidade de Santa Clarita, Condado de Los Angeles, California (EUA), no último sábado, às 15h30 no horário local (21h30 de Brasília). O veículo, um Porsche Carrera GT, pertencia a um amigo de Walker, o empresário Roger Rodas, que dirigia no momento do acidente.

Rodas era CEO da empresa  Always Evolving, especializada em carros de luxo e velocidade, da qual Paul era um dos investidores.

Os dois promoviam um evento beneficente na cidade, o "Reach Out Worldwide", com a finalidade de arrecadar fundos para as vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas. A tragédia ocorreu a cerca de 300 metros do local do evento, uma loja de carros de corrida.

Segundo informações de pessoas que participavam do evento, Walker e Rodas dariam apenas uma volta de 10 minutos com o Porsche e retornariam ao evento.

O carro bateu em um poste de luz e em uma árvore e pegou fogo, matando os dois ocupantes. O veículo ficou destruído. Devido as circunstâncias da batida, a polícia de Santa Clarita, onde ocorreu o acidente, disse que a velocidade foi uma das causas do acidente.

Segundo informações do site TMZ, divulgadas nesta segunda-feira, dia 2, um vazamento de fluido próximo à direção do veículo, teria provocado o acidente. A falta de sinal de derrapagem na pista e o fato de o fogo ter começado na parte dianteira, e não na traseira onde fica o motor, reforçam a teoria de que houve uma falha mecânica no veículo. Desse modo, o motorista não teria perdido o controle da direção, como sugeriu a primeira hipótese levantada.
Walker deixa outros dois filmes inéditos

Além de Velozes e Furiosos 7, Paul Walker atuou ainda em dois filmes inéditos: Brick Mansions e Hours. Hours estreia dia 13 nos cinemas (Foto: Divulgação)

O astro de belos olhos azuis que ganhou fama em Hollywood na franquia Velozes e Furiosos atuou também em mais dois filmes inéditos: "Brick Mansions" e "Hours".

"Hours" estreia nos cinemas no próximo dia 13 de dezembro. O lançamento não será adiado. O produtor Paul Presburger disse ao Hollywood Reporter que depois de muita discussão decidiu-se manter a data de estreia.

"Paul gostaria que seguíssemos em frente. Ele tinha muito orgulho deste projeto. Há duas semanas fizemos uma coletiva de imprensa e ele estava muito animado para que as pessoas vissem esse filme. Ele buscava mostrar mais suas habilidades na atuação, o que raramente teve a chance de fazer", disse o produtor.

Hours relata o drama de um homem lutando para manter a filha recém-nascida viva durante a passagem do furacão Katrina.

"Brick Mansions" conta a história de um policial disfarçado que tenta derrubar um chefão do crime com acesso a bomba de nêutrons infiltrando-se em sua gangue. O longa ainda não tem data de estreia.