Empresa vai revisar processos de gestão da Codesp

A medida da SEP prevê a análise dos processos internos da companhia em várias áreas

Comentar
Compartilhar
07 JAN 201410h59

A Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR) publicou no Diário Oficial da União o pregão eletrônico nº 09/2013 para a contratação de empresa de consultoria que fará a revisão dos processos de entrada e saída de mercadorias e pessoas nos portos e gestão interna das Companhias Docas do Estado de São Paulo (Codesp), do Rio de Janeiro (CDRJ) e do Pará (CDP).

O ministro Antonio Henrique Silveira destacou que esse "é um passo muito importante no processo de modernização das companhias docas que refletirá na eficiência de todo o sistema portuário". O projeto será estendido às demais companhias docas em uma segunda etapa.

A empresa  vencedora deverá detectar, com base nas melhores práticas nacionais e internacionais, o nível de maturidade dos processos de entrada e saída do porto, identificação de eventuais gaps, propondo e implantando soluções imediatas de curto, médio e longo prazos.

Também irá avaliar os processos de chegada e de saída de navios; operação e liberação de cargas e passageiros; e acesso terrestre dos caminhões e trens aos portos vinculados às Docas. Será realizado, ainda, levantamento dos problemas junto aos principais arrendatários e operadores portuários, bem como as suas demandas e sugestões de melhoria tanto em termos de sistemas quanto de processos e obras de infraestrutura.

Medida foi anunciada por ministro da Secretaria de Portos (SEP)  (Foto: Divulgação)

A  medida integra o Programa Portos Eficientes, que prevê a análise dos processos internos das Docas nas áreas de Pessoal, Tecnologia da Informação, Contabilidade e Finanças, Sistemas de Custeio, Faturamento e Modelo Tarifário Orientado a Custos.

O Portos Eficientes é um conjunto de ações que inclui o Programa Nacional de Dragagem I e II, obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-COPA), sistemas de VTMS (Vessel Traffic Management Information System) e Cadeia Logística Inteligente, entre outros.

Concessões Também engloba expansão da infraestrutura portuária, novos arrendamentos e concessões, além da própria melhoria de gestão nas companhias docas vinculadas à SEP/PR.

O projeto de modernização da gestão portuária tem como objetivo tornar os portos brasileiros elos dinâmicos da cadeia logística, minimizando os prazos e os custos do acesso aquaviário e/ou terrestre de navios, cargas e passageiros.

O diretor  do Departamento de Gestão e Logística Portuária da SEP, Jorge Ruiz, enfatizou que a intenção é fortalecer as companhias, tornando-as modernas no que se refere às suas estruturas organizacionais, processos internos e modelos de governança corporativa.

“Desta forma, ficam em condições de atuar com eficiência e em igualdade de condições com os principais players do mercado nacional e internacional, principalmente na fase de movimentação de cargas frente aos terminais localizados fora do porto organizado”.