Divulgada primeira imagem do filme Pelé - The Birth of a Legend

Superprodução conta a trajetória do maior jogador de futebol de todos os tempos

Comentar
Compartilhar
26 NOV 201312h27

Um garoto negro que se tornou uma lenda no futebol mundial. Assim como The Beatles, Pelé é conhecido no mundo inteiro. O maior jogador de futebol de todos os tempos terá sua vida e carreira contada no cinema. A novidade é que a primeira imagem do longa-metragem foi divulgada e mostra o menino Leonardo Lima Carvalho como Edson Arantes do Nascimento, aos 10 anos de idade.

Pelé - The Birth of a Legend, em português literal, Pelé - O Nascimento de uma Lenda, deve estrear nos cinemas no final do primeiro semestre de 2014, antes da Copa do Mundo. O longa é co-produzido pela Imagine Entertainment, Seine Pictures  e Riofilme.

Leonardo Lima Carvalho como Pelé aos 10 anos de idade na primeira imagem divulgada do filme Pelé-The Birth of a Legend (Foto: Divulgação)

O filme conta a história de Pelé desde a sua infância em Três Corações, Minas Grais, até a consagração ao ganhar a Copa do Mundo de 1958 pelo Brasil, com apenas 17 anos.

A Riofilme investiu US$ 1 milhão no projeto e garantiu parte das filmagens no Rio de Janeiro. Os produtores cogitavam filmar na Colômbia.

As filmagens de Pelé - The Birth of a Legend começaram em setembro, na Cidade Marailhosa.

O longa é dirigido pelos irmãos Jeff e Michael Zimbalist e usa como pano de fundo a relação de Pelé com o seu pai, Joao Ramos do Nascimento, o Dondinho, que foi centroavante no Atlético Mineiro.

Dondinho será interpretado pelo cantor e ator Seu Jorge. O jogador de futebol Kevin de Paula irá estrear no cinema, interpretando o craque nas idades de 13 a 17 anos. O elenco é composto de atores brasileiros e norte-americanos. Entre eles, Rodrigo Santoro, Vincent D'Onofrio e Diego Boneta, na pele de Mazzola.

"Este não é apenas um filme de futebol. Esta é uma história sobre um menino que seguiu sua paixão e seus sonhos, e cujo talento passou a mudar o mundo. É uma história de pai e filho, sobre acreditar em si mesmo, trabalho em equipe e superação de desafios. É a história do povo brasileiro, seu espírito único, e as origens do seu crescimento para se tornar uma superpotência do futebol", afirmou o produtor Ivan Orlic.

"Fisicamente menor do que a maioria dos homens em campo, ele certamente tinha menos experiência de vida do que boa parte dos que estavam no estádio", disse um dos diretores, Jeff Zimbalist. "É um garoto que tem que amadurecer e aprender o seu lugar no mundo mais rápido do que qualquer ser humano que eu consiga imaginar", descreveu Jeff sobre o personagem.

O roteiro do filme, escrito pelos irmãos Zimbalist, é fruto de entrevistas com Pelé, iniciadas nas Olimpíadas de 2012, em Londres.

"Esse é um período com o qual grandes audiências podem se identificar, quando o herói ainda é humano", avaliou o produtor da Seine Pictures Ivan Orlic, responsável por acompanhar as filmagens no Brasil. Os produtores apostam na estreia em maio de 2014, semanas antes do início da Copa do Mundo no Brasil.

Pelé em sua própria cinebiografia

Pelé também é produtor-executivo do filme e está confirmado como ator, mas o papel do Rei do Futebol ainda não foi divulgado. No entanto, esta não será sua estreia no campo de um set de filmagens. Pelé já participou de ao menos seis filmes. São eles, Isto é Pelé (1974), Fuga para a Vitória (1981), Os Trapalhões e o Rei do Futebol (1986), Pelé Eterno (2004), O Mundo aos seus Pés (2006) e Simonal, ninguém sabe o Duro que Dei (2007).

Pelé participou diretamente da escolha dos atores mirins. Leonardo Carvalho e Kevin de Paula foram encontrados no Rio de Janeiro. Mas, a busca pelos garotos foi feita em três continentes. Os atores deveriam ser parecidos com Pelé quando criança e adolescente, ter optidão para o futebol e falar inglês, idioma original do filme.

Jogador de base no clube fluminense Tigres, Kevin exibiu habilidade em campo contra a Suécia, repetindo um duplo drible do chapéu quantas vezes os diretores acharam necessário. Para atuar fora de campo, ele e Leonardo, sem poderem ser fotografados ou entrevistados, recebem a preparação de profissionais experientes em longas como "O Lado Bom da Vida", premiado com o Oscar de melhor atriz em 2013 (Jennifer Lawrence).

Especula-se que a produção tem um orçamento estimado em US$ 15 milhões.
Inês Salgado (Cidade de Deus) é a figurinista  da produção. Além de confeccionar réplicas idênticas de todos os uniformes da época, ela conseguiu achar um artesão capaz de fabricar dezenas de chuteiras com as mesmas técnicas utilizadas na década de 1950.