Distância

Comentar
Compartilhar
17 OUT 2018Por Da Reportagem00h00

E é justamente a junção que tem preocupado, tanto os alunos como os professores. Eles temem que ao concentrar o programa em unidades distantes haja uma evasão ainda maior, especialmente por conta da dificuldade de locomoção. Dias manifestou concordância com a preocupação dos alunos e professores e, desde já, se dispôs a mediar uma solução de consenso. “Quem frequenta o EJA, em sua grande maioria, trabalha durante todo o dia e aproveita parte do horário de descanso para se dedicar ao aprendizado. Portanto, o ideal é que o programa se mantenha nos bairros, perto de onde residem os alunos”, destacou o parlamentar, que já está fazendo contato com o prefeito Valter Suman (PSB) a fim de esclarecer melhor a questão.