Dilma exonera 5 ministros para que tomem posse no Congresso neste domingo

Com isso, as vagas no Congresso serão ocupadas pelos suplentes

Comentar
Compartilhar
31 JAN 201517h43

 A exoneração de cinco ministros foi publicada neste sábado, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Os ministros foram eleitos em outubro e tomarão posse neste domingo (1º) em quatro vagas na Câmara e uma no Senado. Depois, pedirão licença do mandato e deverão ser novamente nomeados para os cargos no ministério.

Com isso, as vagas no Congresso serão ocupadas pelos suplentes. Segundo a Constituição, deputados e senadores não podem ser titulares de mais de um cargo ou mandato público eletivo.

Os auxiliares da presidente Dilma Rousseff afastados temporariamente são os deputados federais Pepe Vargas (PT-RS), ministro da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República; Patrus Ananias (PT-MG), do Desenvolvimento Agrário; Edinho Araújo (PMDB-SP), da Secretaria de Portos da Presidência, e George Hilton (PRB-MG), do Esporte. No Senado, Kátia Abreu (PMDB-TO), ministra da Agricultura, também foi exonerada neste sábado e retomará depois o cargo na Esplanada.

Dilma exonera 5 ministros para que tomem posse no Congresso neste domingo (Foto: ABr)