Design: forma e função

Cada produto que vendemos tem uma história e um design muito bem elaborado

Comentar
Compartilhar
08 MAI 201410h53

Certa vez, em uma viagem para a feira de Frankfurt, na Alemanha, fui com um dos maiores designers do Brasil, o consagrado Guto Índio da Costa. Nesta ocasião, ele me disse que o maior trabalho não era criar produtos exóticos para clientes exóticos e sim produtos que unissem a utilidade, a forma e o preço justo. Este conceito nunca mais saiu da minha cabeça e procuro usa-lo todos os dias.

Unir forma e função é uma arte. Hoje praticamente todos os nossos desejos materiais passam por um sentimento que é fácil perceber e difícil descrever. Todo dia somos surpreendidos por itens cada vez mais criativos e úteis.

São inúmeros exemplos, como os utensílios com apoio entre a base e o cabo que evita que a mesma tenha contato com a superfície da bancada e a tesoura para cortar pizza, que corta com muito mais facilidade e ainda tem um suporte para levar o pedaço até o prato. Também são muito bem pensados os passadores de massa de silicone, que quando guardados ocupam pouco espaço.

Unir forma e função é uma arte. Hoje praticamente todos os nossos desejos materiais passam por um sentimento que é fácil perceber e difícil descrever (Foto: Divulgação)

Certas peças, como as tábuas de corte em forma de fichário, são tão praticas e bonitas que não entendemos como nunca ninguém pensou nisso antes.

Cada produto que vendemos tem uma história e um design muito bem elaborado, por isso o nome Design Gallery, afinal, se cada item é um objeto de arte, nada melhor que uma galeria para mostra-los.