Contra trabalhadores

Comentar
Compartilhar
21 DEZ 2017Por Da Reportagem00h00

“O ato público repudiou está reforma que o governo federal quer impingir contra os trabalhadores. Em vez de cobrarem os grandes devedores, acabarem com as desonerações, preferem meter a mão no bolso de quem constrói um país. Que acabem primeiro com o monte de cargos políticos, e com todos estes desvios e corrupção que assolam o Brasil. Fica o recado aos deputados da região, vamos ficar no pé deles, pois o voto deles é nosso e não deles”, disse o Herbert Passos Filho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e diretor da Força Sindical na Baixada Santista, um dos participantes do ato, na Praça Mauá.