X

“O ato público repudiou está reforma que o governo federal quer impingir contra os trabalhadores. Em vez de cobrarem os grandes devedores, acabarem com as desonerações, preferem meter a mão no bolso de quem constrói um país. Que acabem primeiro com o monte de cargos políticos, e com todos estes desvios e corrupção que assolam o Brasil. Fica o recado aos deputados da região, vamos ficar no pé deles, pois o voto deles é nosso e não deles”, disse o Herbert Passos Filho, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Químicas e diretor da Força Sindical na Baixada Santista, um dos participantes do ato, na Praça Mauá.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Grêmio vence o São Paulo e mantém esperança de salvação

A equipe gaúcha teve amplo domínio da partida e construiu a sua vitória

Santos

Fundo Social arrecada mais de 300 itens no primeiro dia do drive-thru de Natal

É possível doar brinquedos novos, alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal e limpeza

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software